Empossada no dia 14 de agosto de 2017 em Brasília, a presidente da ONG Moradia e Cidadania Elení Soares Fagundes é aposentada Caixa, casada, mãe do Gabriel e do Michel, formada em Geografia, cantora e pianista. Conheça um pouco mais da história da presidente, que chega com energia e muita disposição em colaborar com o crescimento da nossa ONG. 

Moradia e Cidadania: Há quanto tempo trabalha com a causa social? Relate um pouco da sua trajetória em ações sociais. A causa social sempre me sensibilizou. Quando o Betinho iniciou a campanha contra a Fome, e nas empresas públicas foram formados os Comitês da Cidadania, eu me engajei nesse trabalho dentro da Caixa, em 1992.

Moradia e Cidadania: O que te motiva a continuar com o trabalho social? O fato de que as injustiças e as diferenças sociais continuam. “Enquanto houver injustiça e desigualdade no mundo, nenhum de nós pode verdadeiramente descansar. Temos que continuar sendo fortes.” Nelson Mandela

Moradia e Cidadania: Quais são suas expectativas como Presidente Executiva? Quero me dedicar a ações que possam fortalecer nossa parceria com a Caixa e demais entidades, e que reflitam num maior apoio às atividades das Coordenações nos estados.

Elení Fagundes e Jaime Corá, vice presidente da ONG

Moradia e Cidadania: O que você aprendeu com o trabalho voluntário? Aprendi que para ser voluntário na causa social precisamos estar incomodados, sairmos da zona de conforto e estarmos comprometidos em favor da inclusão social e promoção da cidadania.

Moradia e Cidadania: Para você, qual a importância da inserção dos empregados na CAIXA nas ações da ONG? A ONG é resultado da mobilização dos empregados da Caixa, então a participação deles é fundamental. Deve-se trabalhar no sentido de cada vez mais agregar empregados da ativa e aposentados da Caixa para o fortalecimento da entidade.

Confira a matéria publicada no dia da posse de Elení, realizada em Brasília. Clique aqui.

Por GB Sites Brasília | Criação de sites