Sérgio Takemoto – Por uma vida mais digna e menos desigual

22 Maio 2020
0

Sérgio Takemoto – Por uma vida mais digna e menos desigual

     Existem dois países dentro do nosso. Um que enfrenta várias dificuldades de acesso às necessidades básicas: moradia, saneamento, educação, emprego e renda. E outro que tem amplo acesso a todos estes recursos. E saber que podemos mudar a realidade da vida das pessoas, minimizando esta enorme lacuna, gerando oportunidades, resgatando a cidadania e proporcionando esperança, sempre foi minha maior motivação.

     Tive a oportunidade de me aproximar do trabalho desenvolvido pela ONG Moradia e Cidadania em São Paulo  no período em que eu presidi a Apcef/SP, de 2008 a 2014. Fazer parte e poder acompanhar bem de perto este admirável trabalho social é um grande aprendizado e a grande mola propulsora para transformar o país e torna-lo menos desigual.

     Todo trabalho social constitui no aprendizado pleno da cidadania, que nada mais é que o exercício da democracia. Não existe nada similar no Brasil ao trabalho que a ONG Moradia e Cidadania realiza. Criada e mantida pelos empregados da Caixa Econômica Federal, que patrocina inúmeros projetos sociais e de inclusão, a instituição é motivo de muito orgulho para todos os que fazem parte desta história.

     A missão de sensibilizar a sociedade civil é muito gratificante. É transformador ver o resultado de vários importantes projetos de teor social. Por isso, o engajamento dos empregados e aposentados da Caixa é o que proporciona ampliar as oportunidades para milhares de pessoas que vivem em situação de risco e vulnerabilidade social e, sobretudo, o que nos permite acreditar na esperança de uma vida mais digna.

     Ao nos depararmos com a maior crise dos últimos tempos, entendemos que grandes tragédias são precursoras de grandes transformações. Diante do descaso e da insensibilidade do nosso governo frete a essa grave crise pandêmica, a solidariedade se tornou a nova tônica de muitos lares em diversas partes do país. Um novo futuro pode se despertar, visto que uma simples contribuição de cada um de nós faz toda a diferença.

     A solidariedade sempre foi a tônica da ONG Moradia e Cidadania, que tem em sua origem a visão humanitária do sociólogo Herbert de Souza, que, com seu sonho de combater a fome e a miséria em nosso país, criou os Comitês de Ação da Cidadania em 1993. A partir de 2000, esse movimento social foi abraçado pelos empregados da Caixa transformando-se na ONG Moradia e Cidadania de abrangência nacional.

     Um mundo mais humanizado só é possível quando resgatamos a dignidade e a autoestima das pessoas. A inclusão e a união de cada um de nós faz parte deste novo modo de ver o mundo.

Sérgio Takemoto

Coordenador Estadual da Moradia e Cidadania/SP

Categorizados em: