Começam as aulas para crianças, jovens e adultos de projetos parceiros da Coordenação DF

4 abr 2016
0

Começam as aulas para crianças, jovens e adultos de projetos parceiros da Coordenação DF

     No mês de março começaram as aulas para cerca de 300 crianças jovens e adolescentes atendidos nas instituições apoiadas pela Moradia e Cidadania no Distrito Federal. As entidades executam projetos em cidades consideradas em situação de vulnerabilidade social e atendem comunidades de baixa renda. Hoje a coordenação DF atende duas regiões: Santa Maria e Cidade Estrutural.

     A Cidade Estrutural é conhecida por ter o maior lixão da América Latina, que ainda está em funcionamento. Muitas famílias da região sobrevivem da atividade de reciclagem de materiais recolhidos no Lixão.

     Já Santa Maria, está entre as seis cidades com o maior índice de violência do Distrito Federal. Entre os problemas de violência da cidade está a atuação de jovens infratores levados ao crime por causa das drogas ilícitas.

    Para o Coordenador DF Julio Gonzaga “é de extrema importância que esses jovens e crianças sejam bem recebidos e se sintam acolhidos nos projetos dos quais fazem parte. Esse acompanhamento por parte da Moradia e Cidadania junto com as Instituições, evita vários problemas como a evasão escolar e riscos da violência sexual.”

Conheça os projetos financiados pela Coordenação DF: 

  • Instituto Reciclando Sons – O Instituto atende os moradores da Cidade Estrutural e utiliza a música como instrumento para a educação, prevenção de drogas e marginalidade, profissionalização, inclusão social e cultural.
  • Associação Atlética Santa Maria – a AASM atua em três frentes: geração de renda com a profissionalização da comunidade nas áreas de manicure e cabeleireiro, prevenção do namoro e gravidez precoces para meninas entre 8 e 14 anos de idade, e uma escola de futebol para meninos entre 6 e 12 anos de idade.

{siggal}df-04.04.2016{/siggal}

Categorizados em:

Deixe uma resposta