Em parceria com a Associação Casa Bethel em Itararé, a Moradia e Cidadania/ES implantou em 21 de fevereiro de 2013, o Projeto Mais que Judocas, que vai atender crianças e adolescentes de risco social e baixa renda, num total de quarenta, com acompanhamento escolar, da comunidade do bairro Itararé e adjacências: Bairro da Penha, São Benedito, Maruípe, Santa Marta e Engenharia.

    A iniciativa tem como desafio, através do judô, apresentar aos alunos um universo de possibilidades, além da comunidade. É uma ação que vai atuar na graduação completa do aluno, visando criar homens novos para sociedade, na formação não somente de atletas, mas principalmente de bons cidadãos preparados para vida. E ainda, vislumbrando a probabilidade de formação profissional.

    O projeto tem como metodologia:

1. Fundamentos básicos do judô (ginástica específica, técnicas de quedas e rolamentos, esquivas).

2. Treinamento lúdico e desenvolvimento de técnicas de projeção e imobilização.

3. Desenvolvimento da disciplina, cooperação, valorização do aluno e autonomia, através de elementos psicomotores e afetivo-social.

4. Desenvolvimento competitivo.

    As aulas ocorrerão às sextas-feiras e sábados, sendo nas sextas das 18h às 19h e sábados das 8h às 9h30m. Os alunos terão registro individual na Federação Espiritossantense de Judô e inscrições em campeonatos.

 

Por Sites em Brasília | Criação de sites profissionais