Com o objetivo de contribuir para a ocupação produtiva, geração de trabalho e renda e inclusão social, o projeto Espaço Cidadão realizou 23 cursos/oficinas de capacitação no estado do Tocantins, beneficiando 532 pessoas. Além da capital, Palmas, as ações aconteceram nas cidades de Palmas, Nova Olinda, Pau D’Arco, Dois Irmãos, Mateiros, São Félix, Miranorte e Paraíso do Tocantins. Os cursos/oficinas, que são definidos conforme demandas das comunidades, ocorreram nas áreas de reciclagem (latas, vidros) papel machê e práticas ecológicas; alimentação saudável; culinária (Panificação, bolos, chocolate e salgados e doces para eventos); bordados em pet aplique e patch work; arte em tecidos (bolsas, flores e peso de portas);  pintura (tecidos e latas); crochê  e outras artes manuais utilizando técnicas de decoupagem..

     A maioria das participantes são mulheres que esperam no aprendizado uma oportunidade de complementar a renda familiar. Os beneficiários também recebem orientações sobre associativismo e cooperativismo visando a formação de grupos produtivos nas respectivas áreas. A metodologia utilizada é participativa e incentiva o envolvimento de voluntários, parceiros e comunidade. Dessa forma, a Moradia e Cidadania/TO fornece os insumos, os instrutores e parceiros são voluntários. Além disso, a comunidade contribui com a infraestrutura do local e demais materiais necessários para a realização das ações.

     Os cursos aconteceram com o envolvimento de vários parceiros, entre eles estão: Centro Municipal de Educação Infantil Cantinho do Saber, Centro Assistencial da Família de Nova Olinda CAF, Superintendência Regional Tocantins da Caixa Econômica Federal – CIPA, Associação dos Pequenos Agricultores da região SUDAM, Corpo de Bombeiro Militar do Estado do Tocantins, Associação de Moradores do Bairro Novo Horizonte, Clube de aventureiros Estrela/ Igreja Adventista do 7º dia, Fórum Estadual Lixo e Cidadania FELC TO, Centro de Integração dos Trabalhadores Rururais CINTRU, Igreja Presbiteriana de Miranorte/TO, Catedral Divino Espírito Santo de Palmas e Universidade da Maturidade UMA/UFT.

     “A avaliação é positiva, uma vez que consideramos alcançados os resultados esperados em mais uma edição do projeto, que promove capacitação e oportuniza geração de renda para os grupos envolvidos. Dessas iniciativas surgiram empreendedores individuais e organizações coletivas, além de ter oportunizado geração de trabalho e renda para mães que não tem como sair de casa para exercer outras atividades produtivas.” Silvana Reis Alencar, Coordenadora Moradia e Cidadania Tocantins.

 

Por Sites em Brasília | Criação de sites profissionais