A Moradia e Cidadania Bahia desde o ano de 2000 realiza o projeto Inclusão Digital, com a criação de uma Sala de Inclusão Digital no âmbito de cada uma das 24 Coordenações Estaduais. A ampliação deste número ocorreu na medida em que a ONG teve a disponibilização de computadores, considerados inservíveis, pelas entidades doadoras, de modo especial a Caixa Econômica Federal. O projeto de Inclusão Digital tem como objetivo promover o acesso da população de menor renda, aos conhecimentos básicos de informática e uso da internet, visando sua “alfabetização digital”.

     Anteriormente, com a sede instalada na Caixa Cultural, a Moradia e Cidadania Bahia utilizava o espaço da garagem para o funcionamento da sala de inclusão digital com portas abertas para todo o público de Salvador.

     Com o crescimento da unidade da Caixa Cultural de Salvador, o espaço utilizado para a sala de Inclusão Digital teve que ser devolvido a CAIXA. Por essa razão, a Coordenação Bahia firmou parceria com outras instituições que ofereciam espaço físico adequado para fornecer o curso de informática básica à comunidade em que estavam inseridos. Foram firmadas parcerias com:

•           ICTEBA (Itapoã, SSA)
•           Conselho Comunitário e de Segurança Rio Vermelho (Rio Vermelho, SSA)
•           Associação Feminina de Feira de Santana (Centro, FSA)
•           ASFIEB (Ribeira, SSA)
•           Colégio Estadual Ypiranga (Dois de Julho, SSA)
•           Igreja Batista Esperança (Pituaçu, SSA)

    Ao longo dos anos, as instituições tiveram dificuldades de manter o projeto por conta da administração das mesmas e, também, as doações de computadores utilizados pela CAIXA deixaram de acontecer. A partir do ano de 2008 a Moradia e Cidadania mantém parceria com a Igreja Batista Esperança, para dar continuidade ao projeto primogênito da organização, e sustenta a sala de inclusão digital com recursos provenientes da Campanha Sua Nota é um Show de Solidariedade e contribuições de associados.

      Durante as aulas e nas celebrações de conclusão dos cursos, podemos constatar a diversidade de idades entre homens e mulheres que freqüentaram e foram aprovados. São pessoas cheias de vontade de buscar melhorias para si no momento em que a tecnologia esta muito difundida e não tem como evitar o seu contato, sendo que o projeto de inclusão digital surge para  ajudá-las a serem protagonistas de suas conquistas e ações.

Alunos Certificados pela IBE: 

 

2008

2009

2010

2011

2012

2013

2014

2015

Total:

07 alunos

47 alunos

33 alunos

38 alunos

31 alunos

20 alunos

34 alunos

36 alunos

246

 Resumo: 

 • Parceria: Igreja Batista Esperança (IBE)

• Local: Pituaçu
• Oferta: Curso de Informática Básica
• Público Alvo: Todas as idades
• Matriculas: Semestral
• Total certificados: 186 alunos

Por Sites em Brasília | Criação de sites profissionais