Na última quarta-feira, 23 de janeiro de 2019, o Corregedor-Geral do Tribunal Superior do Trabalho (TST), Ministro Lélio Bentes, visitou o projeto Costura Cidadã na Fundação Cecosne, situada no bairro da Madalena, em Recife/PE. O projeto profissionalizante transforma mulheres com baixa renda em costureiras profissionais. Desenvolvido pela ONG Moradia e Cidadania/PE e pela Cecosne desde 2017, ele atende, atualmente, 14 beneficiárias.

     A visita ocorreu devido à auditoria que o magistrado realizou no TRT6 (órgão filiado ao TST), onde teve a oportunidade de conhecer a boa prática promovida pela parceria do tribunal regional com a ONG/PE, a qual consiste na venda dos resíduos sólidos do órgão judiciário à reciclagem e cuja renda angariada é utilizada em ações sociais. Com estes recursos, por exemplo, o TRT6 conseguiu sortear uma máquina de costura às costureiras formadas pelo projeto em 2018.

     Durante a visita, o magistrado vistoriou os artefatos produzidos pelas beneficiárias, conversou com cada uma delas e ficou satisfeito com o resultado da prática socioambiental realizada pela parceria.

     O ministro foi acompanhado por uma comitiva do TRT6, formada pelo presidente do tribunal, Desembargador Ivan Valença, o presidente da Comissão de Responsabilidade Socioambiental, Renatto Pinto, e a chefe do Setor de Gestão Socioambiental, Adriana Freire. Representando a ONG/PE, esteve presente o auxiliar de comunicação, Heictor Carvalho. Todos foram recepcionados pela anfitriã, a assistente social do Cecosne, Tereza Santoianni.

Confira a galeria:

 

Por GB Sites em Brasília e Temas Wordpress